Tire suas dúvidas


OS INCOMODADOS QUE SE MUDEM…


ALÔ MORADOR: Se você se sente incomodado, não faça manifestações, é muito feio e politicamente incorreto. EXPERIMENTE ENTRAR NA JUSTIÇA. O JUIZ DE PLANTÃO GARANTE QUE FUNCIONA. François Delort vai morrer de medo!!! Seu processo levará anos, e no final, você ganhará uma “gorda” indenização por danos morais, em torno de 5 a 8 mil reais, segundo decisões da justiça em casos semelhantes. Com um ticket médio de R$ 200,00, segundo o advogado relatou na inicial, basta o consumo de apenas 20 clientes, em um único dia, para o hotel comprar o passe-livre de perturbação ao sossego e sono alheio.



TRADUZINDO A DECISÃO JUDICIAL:
Processo Nº 2009.001.299067-6

O hotel ganhou, provisoriamente, carta branca para que o hotel continue a perturbar os moradores do entorno. Caso estes se sintam prejudicados, A CONSTITUIÇÃO E A LEI NÃO VALE EM SEU FAVOR, DE MODO QUE NÃO PODER REALIZAR NENHUM TIPO DE MANIFESTAÇÃO, A NÃO SER FICAR PLANTADOS NA FRENTE DO HOTEL, CALADOS, EM VIGÍLIA, sem despertar a atenção das autoridades e com o hoteleiro debochando do alto de suas janelas, como fez ao assistir a intimação dos Réus pelo Oficial de Justiça em plena manhã e Sábado.

Em suma, o Hotel e o Restaurante podem tudo. Já sofreram autuação (valor irrisório) e não pagaram. Quem quiser, que procure a justiça e espere o processo terminar (sabendo, de antemão, que François Delort não cumpre nem a obrigação de pagar os honorários do advogado da AMAST na ação que perdeu, o que dirá de uma obrigação de respeitar o sossego alheio eventualmente imposta pela justiça ou pelo poder público….).


LIMINAR?!! JUIZ DE PLANTÃO??!!!:

O QUE É PLANTÃO JUDICIÁRIO: É um serviço da Justiça que funciona nos finais de semana, feriados e no período noturno, para atender situações urgentes, que não possam esperar o expediente normal no dia útil seguinte, sob pena de estar configurado dano irreparável, normalmente envolvendo questões de saúde, casos de vida ou morte e prisões manifestamente ilegais. Veja o que diz o site do Tribunal de Justiça:

“Sábados, domingos e feriados, estarão de plantão, para atender aos pedidos de MEDIDAS DE CARÁTER URGENTE (habeas corpus, prisão preventiva, busca e apreensão de menor, medida para ingresso em local onde exista alguém em risco etc.), nas cidades abaixo, os juízes em exercício das seguintes comarcas, varas e juizados (…)”



ESSE SERVIÇO É SÓ PARA CASOS URGENTES MESMO? Bem, às vezes a Justiça tem clientes VIP. Você, que lê jornal, deve ter ouvido falar de Daniel Dantas e algumas outras pessoas de altíssimo nível social, que podem pagar R$ 200,00 ou mais para jantar em um hotel, ou empresas que preferem sofrer autuações e multas de valor ridículo do que respeitar a legislação vigente. Para esse tipo de pessoa (física ou jurídica), tudo tem seu preço. Essa gente obviamente não pode ser tratada como as pessoas comuns. São gente finíssima!!!



POR QUE O JUIZ NÃO MANDOU O HOTEL ESPERAR ATÉ O DIA ÚTIL SEGUINTE? Boa pergunta. Vá você lá no plantão fazer o mesmo pedido… não vão querer nem receber sua petição, mandarão voltar na segunda-feira.



QUAL O DANO IRREPARÁVEL OU DE DIFÍCIL REPARAÇÃO QUE O HOTEL PODERIA SOFRER? COM TODA CERTEZA, NENHUM. Uma manifestação pacífica não é capaz de causar prejuízos. Ainda que fosse, na pior das hipóteses os prejuízos seriam financeiros, e prejuízo dessa ordem, qualquer Juiz, Advogado ou estudante de direito sabe que pode ser reparado posteriormente, através de ação contra o causador do dano.



É POSSÍVEL SABER, COM ANTECEDÊNCIA, QUEM SERÁ O JUIZ DE PLANTÃO E, CONSEQUENTEMENTE, ESCOLHER O JUIZ DE SUA PREFERÊNCIA? Sim. Basta acessar o site do Tribunal de Justiça.



TENHO OUTRAS DÚVIDAS SOBRE O CASO. COMO POSSO ESCLARECER? Deixe-nos um comentário com sua dúvida, através do formulário abaixo.

Anúncios

2 responses

19 07 2010
Renata

Boa tarde!
Sou aluna de turismo da UFRRJ e estou pesquisando sobre a briga entre o Hotel e os moradores de Santa Teresa. Fiz um trabalho de campo, fui recebida pelo hotel e por alguns moradores da redondeza que em nenhum momento se mostraram descontentes com a presença do hotel, muito pelo contrário, elogiaram e me disseram estar satisfeitos .
Estou tentando entender a origem de todo o caso, quem são os moradores que se sentem injustiçados, a qual distância residem do hotel e etc para que possa conhecer o “outro lado” dessa questão, visto que até o momento só ouvi elogios!
Gostaria de ter contato com essas pessoas, por e-mail mesmo, caso alguém que seja prejudicado diretamente pelo Hotel possa me ajudar me expondo sua versão ficarei agradecida!
Obrigada!

17 07 2010
raphael

Por que os moradores não recorreram da decisão?
E, se são tantos outros (além de meia dúzia), porque aqueles que não foram citados no processo não fazem uma manifestação?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: